LIDER EM ENGENHARIA ESPORTIVA
    REFORMA DE QUADRAS - ALAMBRADOS - REDES DE COBERTURA    
GARANTIA - ALTA QUALIDADE - PREÇOS ACESSÍVEIS
 
       
SUPERFÍCIE ESPORTIVAS  REFORMA DE QUADRAS
 
Este sitio telematico, visa apresentar as diferentes  superfícies esportivas e suas respectivas características de uma forma neutra, a fim de orientar o indivíduo para uma melhor escolha, levando em conta a sua necessidade e o seu poder aquisitivo. 
 
Quem acompanha de  perto a prática esportiva, observa a crescente influência da tecnologia na melhoria do desempenho dos atletas. Os maiores ajustes estão ocorrendo na interface do homem com o solo, seja para garantir ganhos de milésimos de segundo nas provas de corrida, maior impulsão nos saltos, agarre nos momentos da lançamento ou empuxo nas saídas das provas de velocidade. Há também a preocupação com a integridade dos atletas, na busca de pisos que ao mesmo tempo absorvam impactos, não provoquem leões nos ligamentos, devolvam eventual impulso ao corpo do desportista de maneira equilibrada e, em caso de quedas, não ocasionem ferimentos graves.
 
No Brasil, a popularização das atividades físicas, o marketing intensivo das marcas  e da moda internacional de artigos esportivos, tudo somado a um maior acesso às melhores tecnologias de produção de canchas e calçados esportivos, promovem novas aplicações e o desenvolvimento contínuo de diversos materiais para quadras públicas e particulares, pistas de atletismo oficiais, academias e ginásios de esporte.
 
No meio de tantas tipologias, nem sempre os responsáveis pelas instalações conseguem discernir a mais adequada solução para as suas necessidades. Há um bombardeio sadio de materiais de divulgação dos aplicadores, representantes, importadores de soluções esportivas que precisam ser digeridas antes da contratação. Quase sempre a decisão final nasce da sugestão comercial mais bem apresentada e, muitas vezes, não há como apelar a especialistas isentos, pois eles estão exatamente entre os fornecedores.
 
Este sitio telematico, visa apresentar as diferentes  superfícies esportivas e suas respectivas características de uma forma neutra, a fim de orientar o indivíduo para uma melhor escolha, levando em conta a sua necessidade e o seu poder aquisitivo.       
 
CARACTERISTICAS TÉCNICAS DAS QUADRAS
 
DIMENSÕES DAS QUADRAS:

FUTSAL: C
omprimento de 24 a 30 metros e Largura de 14 a 17 metros.
 VÔLEI: Comprimento 18 metros e Largura 9 metros.
 
BASQUETE: Comprimento 28 metros e Largura 15 metros.
 

TÊNIS: Comprimento 36  metros e Largura 18 metros.

Observação: Se a área reservada para a quadra poliesportiva for menor que as medidas regulamentares deverá ser dimensionada proporcionalmente para cada tipo de modalidade. 
 
DIMENSÕES DOS ACESSÓRIOS:

TRAVES DE FUTSAL: (futebol de salão)  comprimento 3 metros e altura 2 metros.
REDE DE VOLEI: comprimento 9,50 metros,  largura 1 metro. e altura do piso 2,24 metros  mulheres, 2,43 metros homens.
TABELAS DE BASQUETE: comprimento 1,80 metros, largura 1,20 metros e altura do piso 2,75 metros.
CESTA  DE BASQUETE: Diâmetro do Aro: 0,45 metros e altura do piso 3,05 metros.
REDE DE TÊNIS: comprimento 12,00 metros, e altura 1,10         metros.
Observação: a ArteQuadra adapta as dimensões destes  acessórios em função das particularidades construtivas de sua Quadra Poliesportiva.   
                    

TIPOS DE PISOS POPULARES:
 
A ArteQuadra os classifica em função do tipo da base do piso: Concreto, Asfaltico, Saibro, Grama, Areia.
 
Piso de Concreto

E um piso bastante duro e resistente, seu uso é apropriado em quadras poliesportivas onde o piso será utilizado para outras finalidades, além do esporte leve, tais como; uso de skate, patins, festas ou afins.
Na base deste piso temos: terra batida, logo uma camada de pedra britada N° 2, concreto padrão piso, resina acrilica esportiva e pintura acrilica esportiva. Piso recomendado para condominios  e escolas.
 
Piso Asfaltico

É um piso leve que absorve melhor o impacto das pisadas do atleta, alterando a textura superficial do piso pode-se tornar a quadra mas rápida ou lenta para o jogo. Este tipo de piso é usado exclusivamente para o esporte leve, sendo proibido o uso de patins, skate, (so usar tênis esportivos dentro da quadra).
A base deste piso consiste em uma camada de pó de pedra compactado, logo após uma  outra camada de pedra britada N° 1 ligada com emulsão asfaltica, posteriormente uma camada de concreto asfáltico, logo várias camadas Walk top Preto Sport (lama asfáltica) e como acabamento se aplica resina acrilica em várias demãos , impermeabilizante e altamente resistente ao uso e a intempéries.Piso recomendado para condominios e escolas
.

Piso Saibro

O piso de Saibro é ótimo para absorver melhor o impacto do atleta protegendo o seu sistema biomecânico, além de proporcionar deslize perfeito do calçado esportivo  do atleta no piso.
A base deste piso é terra compactada com uma camada superior de entulho cerâmico e no acabamento antes da pintura uma camada de saibro.
Este tipo de piso pode ser usado em pistas de atletismo ( carvão mineral), canchas de bocha (areia mineral) e principalmente em quadras de tênis (pó cerâmico).
A demarcação das linha de jogo podem ser  feitas em argamassa de cimento, areia ou fita sintética removível.
 
Piso de Grama

No  inicio do terceiro milênio nada mas prático e funcional que a grama sintética que substitui com grandes vantagens a grama natural nos diversos esportes onde é usada.
A grama sintética usa uma base de concreto acima da qual é colocada, usando um sistema de colagem especial de alta resistência a  intempéries.
Uma grande vantagem deste piso em relação à grama natural é que quando utilizada com chuva evita a formação de poças ajudando a rolar a bola  normalmente.
 
Piso de Areia

A base  deste piso é terra compactada com uma camada superior de areia, este tipo de piso é muito usado no vôlei de praia e no futebol society.
 
TIPOS DE PISOS PROFESIONAIS:
Madeira
Poliuretano FPDM
Polipropileno
 
ALAMBRADO

ESTRUTURA:

Material: aço ferroso
Tipo: tubular redondo ou quadrado.
Colunas: diâmetro 2”, espessura 2,2 mm, distanciadas de 2,5 a 3 metros.
Travessas e mãos francesas: diâmetro 1” 1/2”, espessura 2,2 mm.
Tratamento superficial: galvanizados e pintados com base de galvite e acabamento com esmalte sintético alto brilho.

TELA LATERAL:

Tipo: alambrado com malha de 2”, 2 1/2” ou 3” com bitola 10, 12 ou 14 AWG
Diâmetro do fio: 10, 12 ou 14 AWG
Tratamento superficial: só galvanizado ou galvanizado e revestido em PVC (plastificada) nas cores cinza, azul ou verde.
 
REDE DE COBERTURA:

Material: polipropileno
Malha:  10 x 10 cm.
Diâmetro do fio: 3 mm.
Cores: verde, azul , cinza ou  natural.

ILUMINAÇÃO ARTIFICIAL:

Tipo: iluminação recreativa, direcionada.
Nivel: intensidade de iluminação acima de 100 lux.
Refletores: de aluminio, com  movimento axial na vertical e horizontal.
Número de Refletores: de 01 a 04 por cruzeta, com 01 lâmpada de  400 watts cada.
Lâmpadas: Vapor de metálico
Fixação: em postes independentes a 6,50 m de altura do solo ou aproveitando a estrutura do alambrado no topo dos tubos colunas.
REFORMA DE QUADRAS:
Pisos de Concreto
Piso Asfáltico
Piso de Saibro
Alambrados
Iluminação
Traves 
Redes
Quadras de Tenis
Quadras Poliesportivas